Você está aqui:Usabilidade>Análises rápidas>Mesmo botão, só que não...
Quinta, 16 Maio 2013 08:37

Mesmo botão, só que não...

Escrito por 
Votos
(0 votes)

cadeo5

Andando pelo metrô de São Paulo me deparo com um exemplo físico da importância de mantermos a consistência do layout e termos utilizados em um sistema: 

Seria o mesmo que colocar ao longo das telas de um sistema os botões "Salvar", "Gravar" e "Guardar", todos para representar a mesma ação de persistir os dados cadastrados. Ou usar o ícone Fechar hora para excluir determinado conteúdo, hora para fechar/esconder um elemento na tela.

A padronização dos termos, ícones e simbolos dos sistemas está diretamente ligado a Eficência de uso, ajudando o usuário a reconhecer as ações e funcionalidades do sistema ao invés de ter que aprender e decorar as diferentes maneiras de se fazer a mesma coisa em cada tela que usa.

Visualizada 5614 Vezes Última alteração Quinta, 11 Julho 2013 13:39
Thiago Favaro Padilha

 

Graduado em Engenharia de Computação na Universidade São Francisco, trabalhando num misto entre Web-design e Usabilidade (duas áreas que se misturam/completam mas que na teoria não poderiam ser feitas pelo mesmo profissional.........hehehe).

Iniciando minha carreira em 2006 na área de relações públicas de um projeto da Unicamp (Webdesigner 100%), fui responsável pela atualização do Portal do Projeto e suas informações.

Em meados de 2007, em uma empresa de software voltados ao acompanhamento e controle de grandes obras (Refinarias, Plataformas Petrolíferas....quando falei grandes não estava brincando...hehehe), comecei, além de fazer meu trabalho de Webdesigner, a participar do projeto das telas onde o usuário tivesse o maior nível de usabilidade, buscando maior satisfação no usar o sistema (Webdesign 70% - Usabilidade 30%).

Atualmente trabalho como Analista de Usabilidade em uma empresa de Softwares Tributários (Usabilidade 80% - Webdesigner 20%...sempre sobra um pouquinho...hehehe). Meu objetivo é fazer com que os Guarda livros (brincadeira...hehe) Analistas Tributários usem computadores, sendo o verdadeiro desafio não a resistência a mudanças de nosso usuários e sim a nossa capacidade de transformar sistemas com um alto nível de complexidade em ferramentas simples e intuitivas!

Deixe um comentário

Campos com * são obrigatórios.

Últimas publicações

Usuários online

Temos 16 visitantes e Nenhum membro online