Você está aqui:Usabilidade>Análises rápidas>Uso de cores e formas
Quinta, 06 Fevereiro 2014 00:00

Uso de cores e formas

Escrito por 
Votos
(1 Vote)

Lendo um artigo sobre Design Universal, no UX.BLOG, relembrei sobre uma funcionalidade que projetamos onde não utilizávamos somente cores para informar a situação de determinado registro. Utilizamos também para cada situação um ícone que passava a informação utilizando outro recurso gráfico além da cor, "a forma".

Este recurso além de resolver uma antiga diretriz de usabilidade de uma tela não depender de cores para ser impressa (na época que impressoras coloridas eram luxo para poucos...hehehe), acaba se atualizando em tempos de inclusão digital e acessibilidade, para o fato de também termos usuários que podem não enxergar claramente a diferença entre os tons e cores (daltonismo), reforçando ainda mais a importância do sistema não depender somente de cores para passar alguma informação.

Para se ter uma noção do que estou falando, seguem exemplos entre os diferentes níveis de daltonismo:

Pessoa sem Daltonismo Deuteranopia Protanopia Tritanopia
 PBnormal  PBdeuteranopia  PBprotanopia  PBtritanopia
Visualizada 1064 Vezes Última alteração Sexta, 07 Fevereiro 2014 18:04
Thiago Favaro Padilha

 

Graduado em Engenharia de Computação na Universidade São Francisco, trabalhando num misto entre Web-design e Usabilidade (duas áreas que se misturam/completam mas que na teoria não poderiam ser feitas pelo mesmo profissional.........hehehe).

Iniciando minha carreira em 2006 na área de relações públicas de um projeto da Unicamp (Webdesigner 100%), fui responsável pela atualização do Portal do Projeto e suas informações.

Em meados de 2007, em uma empresa de software voltados ao acompanhamento e controle de grandes obras (Refinarias, Plataformas Petrolíferas....quando falei grandes não estava brincando...hehehe), comecei, além de fazer meu trabalho de Webdesigner, a participar do projeto das telas onde o usuário tivesse o maior nível de usabilidade, buscando maior satisfação no usar o sistema (Webdesign 70% - Usabilidade 30%).

Atualmente trabalho como Analista de Usabilidade em uma empresa de Softwares Tributários (Usabilidade 80% - Webdesigner 20%...sempre sobra um pouquinho...hehehe). Meu objetivo é fazer com que os Guarda livros (brincadeira...hehe) Analistas Tributários usem computadores, sendo o verdadeiro desafio não a resistência a mudanças de nosso usuários e sim a nossa capacidade de transformar sistemas com um alto nível de complexidade em ferramentas simples e intuitivas!

Deixe um comentário

Campos com * são obrigatórios.

Últimas publicações

Usuários online

Temos 39 visitantes e Nenhum membro online