Você está aqui:Usabilidade>Artigos>Algumas coisas que podemos aprender com Steve Jobs
Segunda, 18 Julho 2016 10:11

Algumas coisas que podemos aprender com Steve Jobs

Escrito por 
Votos
(0 votes)

A vida por vezes é tão complicada, então porque tudo o que nós usamos tem que ser difícil e complicado, heim? A nossa filosofia é buscar a simplicidade, a experiência fácil para tudo o que utilizamos, do smartphone a uma xícara de café, do sistema corporativo ao aplicativo de celular.

Vamos aprender hoje com Steve Jobs, a importância do trabalho bem feito da área de Experiência do Usuário (User Experience) e como facilitar ao máximo a vida dos usuários. Assista o nosso vídeo!

 

 

 https://youtu.be/OJbP2qqaGhA

 

 

 

 

Transcrição do vídeo:

 

 

Hoje quero falar sobre Steve Jobs...

Ele era um cara de UX, um CEO com visão de UX.

Em uma palestra que ele deu, após o retorno dele para Apple; Jobs fala exatamente com essas palavras: “Você deve começar com a Experiência do usuário e depois reverter para tecnologia... você não pode começar pela tecnologia e tentar adivinhar como vendê-la... Eu cometi esse erro talvez mais vezes do que qualquer um nessa sala e tenho as cicatrizes para provar isso e eu sei que é este o caso. E quando a gente tentou vir com uma estratégia e uma visão para Apple ,começou com que incríveis benefícios nós podemos dar para o cliente... aonde podemos levar o nosso cliente... Não começamos com a engenharia e ficamos admirando a incrível tecnologia que temos na mão e como vamos comercializá-la, e eu acho que este é o caminho correto a se tomar.”

Eu não precisaria dizer mais nada... É só você perceber a visão que esse homem tinha e tentar enxergar o que depois de 19 anos a Apple se tornou, e a visão continua viva na empresa.  Ela simplesmente se tornou uma das empresas mais valiosas do mundo.

O que eu fico admirada é que no Brasil as empresas têm uma visão tão pequena, e é difícil trabalhar no desenvolvimento de novos produtos porque o Brasil ainda está estacionado nos anos 90 em matéria de desenvolvimento.

 

Na famosa campanha de marketing “Think different” (Pense diferente) lançada mais ou menos em 1997, Steve Jobs afirmava justamente que pessoas que pensam diferente mudam o mundo. Não adianta você sempre fazer mais do mesmo. E a questão é... Como podemos criar e reinventar em um mundo que já está tão saturado? O que há de novo para ser inventado? Existe sim... nós somos criativos... É isso que um profissional de UX tem que ter em mente, pensar diferente, só assim poderemos criar produtos melhores e que fazem as pessoas se apaixonarem.

 

Steve Jobs em suas apresentações de novos produtos da Apple ele sempre enfatizava: "É simples de usar. É fácil de usar. Melhor experiência para o usuário. É legal de usar."e repetia isso várias vezes. Na apresentação do primeiro Iphone ele repetiu 27 vezes essas frases - pelo menos foi o que consegui captar, ele deve ter falado mais do que esse número. Para você ver a importância que ele dava para essas afirmativas.

 

O que quero dizer com isso? As pessoas amam isso, elas amam advinhar logo de primeira como usar, elas se sentem bem: "poxa consegui usar sozinha" - não existe coisa mais gostosa para um UX designer ouvir isso de um usuário! "É super fácil de usar..." Nós temos uma paixão dentro de nós que não é agradar o chefe, o gestor ou o diretor da empresa, mas sim descobrir que aquilo que você projetou está muito bom para o seu usuário, creio que não existe satisfação maior.

Essa deve ser a filosofia de vida para um UX designer.

Fica dica do cara mais famoso de UX, Steve Jobs: Pense diferente e faça produtos fáceis de usar!

 

Visualizada 1362 Vezes Última alteração Domingo, 04 Setembro 2016 11:38
Ana Cristine Veneziani

Graduada em Sistemas de Informação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Gestão da Qualidade de Software.

Atua na área de Usabilidade/Experiência do Usuário(UX) desde 2003, participando de grandes projetos como a reestruturação de sites do governo do Estado de São Paulo e sistemas de atendimento ao cliente, aplicando técnicas como testes de usabilidade, testes A/B, análise heurística, grupo de foco, card sorting etc. 

Participou da criação do Manual de Usabilidade para Serviços Públicos, recomendações que estabelece um padrão comum de qualidade dos sites do Governo do Estado de São Paulo.

Atualmente trabalha com sistemas da área tributária brasileira, área extremamente complexa e transformar tudo isso em sistema de um jeito fácil, intuitivo e emocionante ao usuário, para ela é algo totalmente desafiador.

Seu principal objetivo é desenvolver produtos com qualidade e que agreguem valor ao usuário final.

LinkedIn:  Ana Cristine Veneziani

1 Comentários

Deixe um comentário

Campos com * são obrigatórios.

Últimas publicações

Usuários online

Temos 10 visitantes e Nenhum membro online